• Orc'estra Gamificação

Como a gamificação pode ajudar a sua empresa



Ao redor do mundo, o trabalho é visto pela maioria como algo maçante e entediante, o que não é totalmente mentira, já que grande parte dos empregos exige muito das pessoas, deixando-as cansadas mentalmente e fisicamente. É aí que entramos com a gamificação: ela pode trazer diversos benefícios à sua empresa sendo esses muito ligados ao engajamento, motivação e eficiência daqueles que lá trabalham. Mas caso você se pergunte “Como a gamificação vai ajudar minha empresa?”, vamos te explicar um pouco mais sobre isso!


Primeiramente, temos que ver do ponto de vista de quem está trabalhando, já que o trabalho como vemos atualmente é efetuado da mesma forma desde a primeira Revolução industrial, lá por volta de 1800. Então mudar a forma de como se é trabalhado, promovendo a motivação dos funcionários, pode ser uma saída.


Motivação dos Funcionários


Vendo pelo lado de dentro da empresa, colaboradores mais motivados trabalham melhor, sendo mais engajados e rendem mais, e existem formas de fazer com que isso ocorra. A mais simples delas e que funciona bem, são formas de pontuações e recompensas para aqueles funcionários que mais se sobressaem. Como foi o exemplo da Google, com seu sistema de acompanhar as despesas relacionadas à viagem de negócios, onde o fator motivacional era que tudo que eles economizavam seria retornado para eles em forma de adicional no salário ou para instituições de caridade.


Outro exemplo simples porém funcional foi da Domino’s Pizza, em que foi implementado sistemas de pontos e quadro de líderes em treinamentos para alinhamento dos funcionários, ajudando a motivar e engajar os colaboradores da pizzaria.


No entanto, a motivação envolve muito mais que prêmios e recompensas, sendo essas alternativas que nem sempre caem tão bem em certas gamificações, então caso queira ler e saber mais sobre motivação confira nossos posts aqui no blog sobre Motivação 3.0 , “ As 6 formas de motivação da Teoria da Autodeterminação” e “Qual tipo de motivação te impulsiona?


Outro fator que influencia no desempenho dentro de trabalho são as metodologias que são empregadas, onde a grande maioria não extrai o melhor possível de cada um, em que tarefas que deveriam ser realizadas rapidamente às vezes podem demorar muito mais que o esperado. Uma forma de contornar esse problema são as práticas ágeis de trabalho, como também a organização que uma empresa possui para articular seus problemas e suas estratégias.


Metodologias Ágeis e Cultura Organizacional


Ainda olhando pelo lado de quem trabalha, temos que metodologias ágeis, ou prática ágeis têm cada vez mais tomando seu espaço dentro das grandes empresas, já que com elas é tirado mais rendimento em menos tempo, estimulando equipes a aprenderem com experiências e se organizarem para resolver problemas melhorando por meio de reflexões em cima de suas conquistas e fracassos.


Uma metodologia ágil bastante usada é o Scrum, que traz o pensamento de trabalho em equipe visando o desenvolvimento em “Sprints”, que são basicamente curtos períodos de tempo. Exemplos de empresas que utilizam o Scrum são a Google e a British Broadcasting Corp.


Dessa forma, várias companhias têm optado por aprender tais metodologias para melhorar suas formas de trabalho, então caso você tenha se interessado pelas metodologias ágeis, leia agora mesmo mais sobre em no nosso post sobre o Scrum.


Além disso, temos a cultura organizacional, que é de certa forma o conjunto de valores de uma empresa e o seu caráter, e que junto com as suas estratégias, definem para onde vai essa companhia. Aliada com a gamificação e as metodologias ágeis, contribui muito para o crescimento da sua empresa, com maior eficiência, planejamento e motivação. E se quiser saber mais confira nosso texto sobre o Impacto da cultura organizacional na sua empresa.


Ainda dentro da sua empresa, a gamificação pode ser muito útil para a contratação de novos membros, deixando de lado os processos seletivos convencionais que às vezes deixam de ser atrativos para muitas pessoas pela maneira que é efetuado esse procedimento, e dando lugar a um processo gamificado.


Processos seletivos


Partindo agora para o ponto de vista de quem poderia entrar na sua empresa, processos seletivos são utilizados em quase todas as corporações para obterem os melhores funcionários possíveis.


No entanto alguns desses processos podem não ser muito visados para o seu nicho, logo, uma forma de melhorar essa triagem é tornando-a gamificada. Um exemplo é o processo seletivo da Nutrir, uma empresa júnior de consultoria em Nutrição, que foi gamificado por nós, da Orc’estra, em que o crescimento foi tanto que superou os 3 últimos processos que haviam sido realizados anteriormente pela empresa. E tudo com muita motivação e engajamento por parte dos inscritos, interessados por conhecer e entender melhor a empresa.


Se você achou uma ideia interessante, um processo trainee gamificado, confira nosso post sobre eles!


Por fim,mas não menos importante, um outro papel que a gamificação pode tomar dentro da sua empresa é em relação ao o público, com o intuito de melhorar a relação com os atuais e possíveis clientes.


Gamificação e o público


Vendo agora aos olhos do público, a relação entre o público e a empresa é crucial, que começa com o marketing. É de fundamental importância, pois é com o marketing que você consegue disseminar o seu nome para as pessoas e tornar sua empresa conhecida. Nesse campo a gamificação pode ser usada a seu favor, utilizando recursos como o “Scarcity & Impatience”, o Framework #6 do Octalysis, de Yu-Kai Chou, um grande estudioso da área gamificação, que fala sobre a vontade de ter alguma coisa simplesmente por não possuí-lo. Isso é algo frequentemente usado por muitas companhias, para que você compre o carro do ano, ou o celular do ano.


Além disso, outro ponto bem importante é a atração do cliente como um todo, que pode ser despertada por outro framework do Octalysis, o #6, “Unpredictability and Curiosity”, que aborda sobre a curiosidade e o desejo de ser surpreendido, e dito pelo próprio Yu-Kai Chou como “força por trás de nossa paixão por experiências que são incertas”. Vemos bastante comerciais e campanhas com temática de te instigar a querer saber mais sobre a empresa ou produto.


Ainda temos uma técnica que é muito usada ao redor do mundo que é a de fidelização de clientes, com sistemas de fidelidade, pontos e prêmios, para que dessa forma, o consumidor continue a utilizar os serviços de uma mesma companhia. Podemos usar como modelo, o NikeFuel, uma campanha na qual os usuários competem entre si pela quantidade diária de atividade física, baixando aplicativos nos seus telefones que monitora o quando eles praticaram, fazendo também com que postassem os resultados nas redes sociais, disseminando mais ainda o nome da empresa de forma gratuita para a Nike.


Além desses setores mencionados, a gamificação pode estar mais em diversos locais dentro em uma companhia, desde a construção de aplicativos, até formas de trabalho trazendo muitos resultados para a sua empresa,tanto dentro, motivando e engajando funcionários, trazendo competições saudáveis como fora da corporação, com mais engajamento e fidelização do público. Então caso tenha ficado interessado e acredita que a gamificação pode ser útil na sua empresa, entre já em contato conosco!



18 visualizações

© 2020 por Orc'estra Gamificação. Todos os direitos reservados.

  • iconeFace
  • iconeInsta
  • iconeLinkedin
  • iconEmail
iconeUnB.png