• Orc'estra Gamificação

A psicologia dos desafios cotidianos: Teoria do Flow e a Gamificação.

Atualizado: Jun 8



Sabe quando um jogo é muito difícil ao ponto de você perder a vontade de jogar, porque não consegue sair do lugar? Ou até quando é muito fácil a ponto de não ter graça passar de fase? Isso acontece porque eles fogem da Teoria do Flow, e isso não se aplica só para jogos, mas para tudo que você realiza durante sua vida!


Teoria do Flow

A Teoria do Flow foi criada e desenvolvida pelo Mihaly Csikszentmihalyi que é psicólogo e doutor pela universidade de Chicago, mas no que consiste essa teoria? Bem, ela foi criada com o intuito de explicar o que faz uma pessoa se sentir feliz e motivada em sua vida cotidiana.

O Flow seria um estado mental de felicidade, satisfação e envolvimento ao fazer uma atividade.


Por exemplo:

  • Quando você está lendo um livro e está tão dentro da história e focado naquilo que você esquece dos seus problemas ;

  • Ou quando está jogando algum game e você perde a noção do tempo, quando vê já se passaram horas;

  • Ou até mesmo quando está praticando algum esporte e sente uma serenidade de estar fazendo aquilo e de estar crescendo além dos limites do ego.

Tudo isso se enquadra dentro das características desse estado. Dessa forma, a teoria aborda de forma geral a satisfação e os princípios daquilo que faz a vida valer a pena.


Porém, como podemos atingir o estado de fluxo? Como saber se algo que estou fazendo vai me gerar esse engajamento? Essas perguntas não possuem uma resposta bem definida, pois as pessoas sentem prazer e felicidade em atividades diferentes.

Não é todo mundo que gosta de um determinado livro, ou gosta de vídeo-games ou de algum esporte específico. A felicidade em fazer algo está relacionada a fatores externos e internos, ou seja, dependem da suas motivações extrínsecas e intrínsecas.


Entretanto, na pesquisa feita por Mihaly foram descobertos alguns elementos que ajudam a identificar o período da "experiência ótima".


Os principais elementos que contribuem para isso é a combinação entre desafio e habilidade, pois quando algo é desafiador demais a pessoa tende a se frustrar ao fazer aquilo, ou quando algo é fácil demais em relação a habilidade da pessoa ela tende a se sentir entediada.O Flow seria o meio termo, o equilíbrio.


Seria uma zona onde algo te desafia e você sente que consegue fazer aquilo, melhorar e crescer. Você se sente empolgado ao enfrentar esse desafio.

A Teoria do Flow e a Gamificação


E qual a relação entre Gamificação e a Teoria do Flow? Para quem não sabe a gamificação é a aplicação de técnicas de jogos em contextos fora de jogos com a finalidade de motivar pessoas, melhorar aprendizado, produtividade, resolver problemas ou mudar comportamentos em um ambiente.


Nós explicamos isso com mais detalhes nesse texto do blog, depois passa lá para entender melhor esse conceito.

Um ambiente lúdico pode ser uma maneira de se atingir o estado de flow, pois entre as propriedades utilizadas para gamificar esse ambiente está o estudo da forma como os desafios serão apresentados de acordo com as capacidades do "players" analisados.


Por exemplo, na gamificação temos um tipo de player denominado Achiever, cuja motivação vem a partir da realização de metas e conquistas, então para satisfazer esse usuário propriedades como curva de engajamento e desafios são utilizadas, mas além dela também são utilizadas a antecipação, comunidade, curiosidade, deslumbramento, diversão e oportunidades para aumentar ainda mais a motivação.

Tudo isso colabora a atingir características do Estado de Fluxo, como foco, concentração, perda da sensação de tempo, êxtase e muitas outras.

Dessa forma, notamos que a relação do Flow com a gamificação está ligada na utilização dos estudos psicológicos e sociais para gerar o engajamento e motivação, afim de proporcionar um melhor fluxo de desenvolvimento nas atividades das pessoas.

Assim, quando uma atividade gamificada é aplicada de maneira correta ela tem uma possibilidade de atingir o estado de flow com sucesso.

Autor: João Vitor Alves. Co-autores: Samuel Avila e Iuri Severo.


0 visualização

© 2020 por Orc'estra Gamificação. Todos os direitos reservados.

  • iconeFace
  • iconeInsta
  • iconeLinkedin
  • iconEmail
iconeUnB.png